quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Divisões da linguística


Os linguistas dividem o estudo da linguagem em certo número de áreas que são estudadas mais ou menos independentemente. Estas são as divisões mais comuns:
*fonética, o estudo dos diferentes sons empregados em linguagem;
*fonologia, o estudo dos padrões dos sons básicos de uma língua;
*morfologia, o estudo da estrutura interna das palavras;
*sintaxe, o estudo de como a linguagem combina palavras para formar frases gramaticais.
*semântica, podendo ser, por exemplo, formal ou lexical, o estudo dos sentidos das frases e das palavras que a integram;

*lexicologia, o estudo do conjunto das palavras de um idioma, ramo de estudo que contribui para a lexicografia, área de atuação dedicada à elaboração de dicionários, enciclopédias e outras obras que descrevem o uso ou o sentido do léxico; 
*terminologia, estudo que se dedicada ao conhecimento e análise dos léxicos especializados das ciências e das técnicas; 
*estilística, o estudo do estilo na linguagem;
*pragmática, o estudo de como as oralizações são usadas (literalmente, figurativamente ou de quaisquer outras maneiras) nos atos comunicativos;

*filologia, é o estudo dos textos e das linguagens antigas.Nem todos os linguistas concordam que todas essas divisões tenham grande significado. A maior parte dos linguistas cognitivos, por exemplo, acha, provavelmente, que as categorias "semântica" e "pragmática" são arbitrárias e quase todos os linguistas concordariam que essas divisões se sobrepõem consideravelmente. Por exemplo, a divisão gramática usualmente cobre fonologia, morfologia e sintaxe.
Ainda existem campos como os da linguística teórica e da linguística histórica. A linguística teórica procura estudar questões tão diferentes sobre como as pessoas, usando suas particulares linguagens, conseguem realizar comunicação; quais propriedades todas as linguagens têm em comum, qual conhecimento uma pessoa deve possuir para ser capaz de usar uma linguagem e como a habilidade linguística é adquirida pelas crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário